EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Eurodeputado Alexis Georgoulis envolvido em alegado caso de assédio

O ex-ator pertence ao partido grego Syriza e alegou que se trata de uma "queixa falsa e caluniosa"
O ex-ator pertence ao partido grego Syriza e alegou que se trata de uma "queixa falsa e caluniosa" Direitos de autor European Parliament/Philippe BUISSIN
Direitos de autor European Parliament/Philippe BUISSIN
De  Efi KoutsokostaIsabel Marques da Silva
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Justiça belga pediu o levantamento de imunidade parlamentar deste eurodeputado da bancada da esquerda radical, que diz estar a ser alvo de calúnia.

PUBLICIDADE

A justiça belga solicitou que seja levantada a imunidade parlamentar do eurodpeutado Alexis Georgoulis, grego e membro da bancada da esquerda radical, no âmbito de um caso de alegado assédio sexual, que remonta há três anos.

A presidente do Parlamento Europeu Roberta, Metsola, informou o hemiciclo, na segunda-feira, no início da sessão plenária em Estrasburgo (França).

"Recebi um pedido das autoridades belgas competentes para levantar a imunidade parlamentar de Alexis Georgoulis. O pedido é remetido à Comissão de Assuntos Jurídicos", disse Metsola.

O ex-ator pertence ao partido grego Syriza e alegou que se trata de uma "queixa falsa e caluniosa".

"Face a este falso e insultuoso ataque que se realiza - provavelmente não por acaso - alguns dias antes das eleições nacionais, pretendo travar a minha batalha na justiça, pela verdade e pela restauração do meu nome, solicitando a retirada da minha imunidade de deputado europeu", disse Alexis Georgoulis, numa declaração escrita.

"Neste contexto e porque não quero de modo algum influenciar a luta que a Syriza-Progressive Alliance está a travar, a todos os níveis, com uma questão puramente pessoal, coloco-me à disposição dos órgãos do partido e apresento a minha demissão como membro do partido, bem como do Eurogrupo de Syriza-PS", acrescentou.

O partido Syriza-PS tinha anunciado que expulsaria Georgoulis "depois de ter sido informado sobre o caso e dada a necessidade deste ser completamente investigado".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Parlamento Europeu debate levantamento de imunidade de 2 membros

Puigdemont, Comín e Ponsatí perdem imunidade parlamentar

Ucrânia: desminagem nas linhas da frente deve demorar 12 anos