EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Macron na Alemanha para a primeira visita de Estado de um presidente francês em 24 anos

O Presidente francês Emmanuel Macron acena enquanto visita o festival da democracia para assinalar o 75.º aniversário, perto de Berlim, antes da sua visita de Estado de três dias à Alemanha, 26/05/24
O Presidente francês Emmanuel Macron acena enquanto visita o festival da democracia para assinalar o 75.º aniversário, perto de Berlim, antes da sua visita de Estado de três dias à Alemanha, 26/05/24 Direitos de autor Kay Nietfeld/(c) Copyright 2024, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
Direitos de autor Kay Nietfeld/(c) Copyright 2024, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
De  Euronews com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
Artigo publicado originalmente em inglês

Emmanuel Macron chegou no domingo à Alemanha para uma visita de três dias, a convite do presidente alemão.

PUBLICIDADE

Pela primeira vez em 24 anos, um presidente francês faz uma visita de Estado à Alemanha. Emmanuel Macron chegou no domingo para uma viagem de três dias que tem como objetivo realçar os fortes laços entre as principais potências tradicionais da União Europeia.

Inicialmente prevista para julho passado, a visita foi adiada devido aos tumultos ocorridos em França na sequência do assassinato de um jovem de 17 anos pela polícia.

Presidente francês Emmanuel Macron e a mulher Brigitte chegam à secção militar do aeroporto BER, em Schoenefeld, perto de Berlim
Presidente francês Emmanuel Macron e a mulher Brigitte chegam à secção militar do aeroporto BER, em Schoenefeld, perto de BerlimChristophe Gateau/(c) Copyright 2024, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten

Embora Macron esteja habituado a visitar a Alemanha para coordenar a política externa e da UE, esta é a primeira visita de Estado com todas as honras cerimoniais desde a visita de Jacques Chirac em 2000.

Macron e a mulher, Brigitte, foram recebidos pelo presidente alemão, Frank-Walter Steinmeier, numa altura em que a Alemanha celebra o 75.º aniversário da sua Constituição pós-Segunda Guerra Mundial.

Steinmeier organizou um banquete de Estado para Macron no Palácio Bellevue, em Berlim, no domingo à noite.

Na segunda-feira, os dois presidentes deslocar-se-ão a Dresden, onde Macron fará um discurso.

Na terça-feira, visitarão Muenster, no oeste da Alemanha. A visita de Estado terminará com uma reunião entre Macron, o chanceler alemão Olaf Scholz e os ministros de ambos os países nos arredores de Berlim.

A Alemanha e a França, as maiores economias da UE, há muito que são vistas como a força motriz da integração europeia, apesar das divergências políticas ocasionais.

Isso ficou evidente no início deste ano, quando os dois países tiveram posições divergentes sobre se os países ocidentais deveriam excluir o envio de tropas terrestres para a Ucrânia. No entanto, ambas as nações continuam a ser fortes apoiantes de Kiev.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Macron vai à Alemanha na primeira visita de Estado de um presidente francês em 24 anos

Macron desloca-se à Nova Caledónia para tentar pôr termo à violência no arquipélago

Itália: confrontos na Câmara dos Deputados durante votação polémica