EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Eleitores europeus vão às urnas decidir o futuro da UE

Eleições Europeias
Eleições Europeias Direitos de autor Tomas Benedikovic/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Tomas Benedikovic/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Os eleitores de 21 países da UE votam neste domingo, no quarto e último dia de votação nas eleições europeias.

PUBLICIDADE

As assembleias de voto de 21 países da União Europeia (UE) estão a recolher os votos dos eleitores europeus para escolher os próximos representantes no Parlamento Europeu, que determinarão o futuro do bloco de 27 nações.

A guerra na Ucrânia, a migração, a política climática e o seu impacto nos agricultores são algumas das questões que os eleitores têm em mente enquanto votam para eleger 720 membros do Parlamento Europeu.

A questão que está a varrer o continente como pano de fundo destas eleições é se os partidos tradicionais e pró-europeus vão reeditar a sua atual maioria no Parlamento Europeu ou se as formações de extrema-direita vão condicionar a criação de possíveis coligações e forçar uma viragem à direita que dificultaria a tomada de decisões e a aprovação de leis da UE.

Os legisladores da UE têm uma palavra a dizer sobre questões que vão desde as regras financeiras à política climática e agrícola. Aprovam o orçamento da UE, que financia prioridades como projetos de infraestruturas, subsídios agrícolas ou ajuda à Ucrânia. Têm também poder de veto sobre a nomeação da Comissão Europeia, o braço executivo da UE.

Estas eleições ocorrem numa altura em que é posta à prova a confiança dos eleitores num bloco de cerca de 450 milhões de pessoas. Nos últimos cinco anos, a UE foi abalada pela pandemia de COVID-19, por uma crise económica e por uma crise energética alimentada pela invasão total da Ucrânia pela Rússia, o maior conflito territorial na Europa desde a Segunda Guerra Mundial. Mas as campanhas políticas centram-se frequentemente em questões que preocupam os países individualmente e não nos interesses europeus mais alargados.

A maratona de votações de domingo termina um ciclo eleitoral de quatro dias que começou nos Países Baixos na quinta-feira.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Barcelona vai acabar com o Alojamento Local. Em Portugal, medidas do “Mais Habitação” são revogadas

Chuvas recorrentes encharcam flores e dificultam produção de mel em França

Cubo de Rubik vai ser o símbolo da presidência húngara da UE