EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Estónia: Narva procura um futuro sem turistas russos

Evento cultural tradicional em Narva, no extremo nordeste da Estónia.
Evento cultural tradicional em Narva, no extremo nordeste da Estónia. Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Vítima colateral das relações difíceis com Moscovo, a cidade estónia de Narva procura um futuro sem turistas russos.

PUBLICIDADE

Outrora favorita dos turistas russos, Narva, uma cidade de 50.000 habitantes no extremo nordeste da Estónia, procura agora um novo futuro.

Numa cerimónia  cheia de cor, as autoridades inauguraram, recentemente, uma praça em honra de Estocolmo, a capital sueca. Uma homenagem à época dourada de Narva, que os habitantes da cidade querem fazer renascer. A cidade quer virar-se para o Ocidente e incentivar os fluxos turísticos europeus.

Uma questão de sobrevivência

Indrek Reimand, diretor do Colégio de Narva da Universidade de Tartu, afirma que “o principal desafio é encontrar novos grupos-alvo de turistas. Narva costumava ter uma forte cooperação com a Rússia, mas agora o setor tem de procurar novos visitantes e, por exemplo, dirigir-se aos turistas nacionais, bem como aos  turistas finlandeses ou estrangeiros.

Uma das principais atrações turísticas de Narva é a fábrica têxtil Kreenholm. Fundada em 1857 por um antepassado da Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, não sobreviveu à globalização. Contudo, um projeto cultural apoiado pelo programa europeu TExTOUR, pretende despertar a a antiga fábrica através de exposições e outras intervenções artísticas.

“Obras de arte como estas existem para dar nova vida a Kreenholm. As velhas fábricas estão paradas. Milhares de pessoas perderam os seus empregos, mas estão a surgir novos empregos porque a cultura está a ajudá-las. Para além da arte, também organizamos aqui festivais e competições desportivas. Estamos a organizar um festival de ópera, espetáculos de teatro e todas estas coisas para trazer as pessoas de volta e dar nova vida a Kreenholm", afirma Jaanus Mikk, gestor do projeto.

Dada a forte deterioração das relações entre a Rússia e a Estónia, a Comissão Europeia quis renovar o seu apoio a Narva para a ajudar a atrair um novo público, uma vez que os turistas russos são cada vez mais raros.

Schank-Lukas, representante da Comissão Europeia em Tallinn, salienta que “a Europa está aqui há 20 anos, está aqui hoje e estará aqui no futuro. Os estónios também estão a redescobrir estas regiões e esperamos que haja mais turistas europeus".

As zonas verdejantes, lagos e as praias arenosas, que circundam a região, são a nova aposta turística com que Narva  espera atrair novos visitantes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente da Estónia: "Com a Rússia, temos de preparar-nos para o pior"

Estónia intensifica esforços para combater ataques híbridos russos

Civis da Estónia treinam guerra de trincheiras com soldados franceses da NATO