EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Surto de legionella na cidade polaca de Rzeszów faz onze mortos

A Legionella é uma bactéria que se desenvolve em sistemas de água quente
A Legionella é uma bactéria que se desenvolve em sistemas de água quente Direitos de autor Canva
Direitos de autor Canva
De  Euronews com AFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

Cidade encontra-se na fronteira com a Ucrânia.

PUBLICIDADE

Onze pessoas morreram na sequência de um surto de legionella na cidade de Rzeszów, no sudeste da Polónia, que faz fronteira com a Ucrânia.

As autoridades sanitárias locais comunicaram o número atualizado de mortos na segunda-feira.

A idade das vítimas mortais varia entre os 64 e os 95 anos, e todos sofriam de outras doenças crónicas.

A legionella é uma bactéria que se desenvolve em sistemas de água quente. De acordo com o Serviço Nacional de Saúde (NHS) do Reino Unido, normalmente apanha-se em locais como hotéis, hospitais ou escritórios onde a bactéria entrou no abastecimento de água.

Propaga-se através de sistemas de ar condicionado, humidificadores, piscinas termais, banheiras de hidromassagem, torneiras e chuveiros que não são usados com frequência.

Além disso, provoca problemas respiratórios graves e o tratamento requer, frequentemente, antibióticos administrados por via intravenosa e oxigénio administrado através de uma máscara ou máquina.

"Confirmámos 144 casos (de contaminação) e onze casos fatais", disse Adam Sidor, inspetor regional de saúde, aos jornalistas.

"Estamos a procurar a fonte de contaminação. Neste momento, está a ser considerada a contaminação da rede de abastecimento de água quente e fria", acrescentou.

De acordo com os primeiros resultados dos testes, a presença da bactéria foi confirmada em vários níveis em metade das primeiras 18 amostras de água examinadas.

No total, recolheram-se 105 amostras.

"Isto ainda não nos permite dizer que o sistema de abastecimento de água é a fonte de contaminação. Os próximos dias serão decisivos", declarou o inspetor sanitário.

Durante o fim de semana, as autoridades de Rzeszów, cidade com cerca de 200 mil habitantes, efetuaram trabalhos adicionais de desinfeção em toda a rede.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cientistas alemães fazem 'grande descoberta' que pode retardar o envelhecimento

Investigadores infetam 36 pessoas com COVID para compreender por que algumas têm menos probabilidades de contrair o vírus

Nova iniciativa com financiamento europeu quer aumentar produção de vacinas em África