EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Vulcão islandês 2023: Qual a probabilidade de uma erupção e como afetará as viagens?

A atividade sísmica na Islândia começou numa zona a norte de Grindavik, uma cidade piscatória com 3 400 habitantes, que foi evacuada no sábado.
A atividade sísmica na Islândia começou numa zona a norte de Grindavik, uma cidade piscatória com 3 400 habitantes, que foi evacuada no sábado. Direitos de autor Rose Breen
Direitos de autor Rose Breen
De  Rebecca Ann Hughes
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido atualizou os seus conselhos de viagem para a Islândia, alertando para a possibilidade crescente de uma erupção vulcânica.

PUBLICIDADE

As autoridades islandesas declararam o estado de emergência depois de centenas de pequenos terramotos terem abalado a Península de Reiquiavique - a região mais populosa do país insular.

Os especialistas receiam uma erupção vulcânica iminente e as autoridades evacuaram uma cidade situada nas proximidades.

Apesar de se situar a apenas 16 quilómetros a norte do local da erupção, o Aeroporto Internacional de Keflavik não foi encerrado e os voos continuam a chegar e a partir.

Se está a planear viajar de ou para a área afetada, aqui estão todos os detalhes sobre os conselhos dos governos europeus e quais as companhias aéreas que ainda operam voos.

Vai haver uma erupção vulcânica na Islândia?

A atividade sísmica na Islândia começou numa zona a norte de Grindavik, uma cidade piscatória com 3 400 habitantes, que foi evacuada no sábado.

Aqui, um corredor de magma abaixo da superfície já tem cerca de 10 quilómetros de comprimento e está a espalhar-se, disse o professor de geologia Pall Einarrson à Radiotelevisão Nacional da Islândia.

In and around Grindavik, the seismic activity has caused large cracks to appear in roads and golf courses.
In and around Grindavik, the seismic activity has caused large cracks to appear in roads and golf courses.RUV/RAGNAR VISAGE/Ragnar Visage

"Os maiores terramotos tiveram origem ali, sob esta antiga série de crateras, mas desde então [o corredor de magma] tem vindo a aumentar, passou por baixo da área urbana de Grindavík e está a dirigir-se ainda mais para o mar", disse.

Em Grindavik e arredores, a atividade sísmica provocou o aparecimento de grandes fissuras em estradas e campos de golfe.

Os voos para a Islândia foram cancelados?

Em 2010, uma grande erupção na Islândia causou perturbações generalizadas nas viagens aéreas entre a Europa e a América do Norte, com mais de 100.000 voos cancelados num período de oito dias.

"Nesta fase, não é possível determinar exatamente se e onde o magma pode atingir a superfície", afirmou o Gabinete Meteorológico do país.

As autoridades islandesas elevaram o alerta de aviação para laranja, indicando um risco acrescido de erupção vulcânica.

As erupções vulcânicas podem constituir um grave perigo para as viagens aéreas, uma vez que as cinzas libertadas para a atmosfera podem provocar falhas nos motores dos aviões, danificar os sistemas de controlo de voo e reduzir a visibilidade.

Mas os voos para o Aeroporto Internacional de Keflavik continuam a funcionar normalmente e não se registaram cancelamentos ou atrasos significativos.

"A nossa programação de voos está a funcionar normalmente, no entanto, estamos a acompanhar de perto a situação e, caso esta se altere, contactaremos diretamente os clientes para os aconselhar sobre os seus voos", disse um porta-voz da easyJet ao Independent.

É seguro viajar para a Islândia?

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido atualizou os seus conselhos de viagem à Islândia, alertando para a possibilidade crescente de uma erupção vulcânica.

PUBLICIDADE

"Os terramotos e os indícios de atividade vulcânica aumentaram acima dos níveis normais na península de Reykjanes, a sudoeste de Reiquiavique", lê-se no aviso oficial.

"As autoridades islandesas continuam a monitorizar de perto a área, particularmente a zona a noroeste do Monte Thorbjörn, perto da central elétrica de Svartsengi e da Lagoa Azul".

Os visitantes são aconselhados a manterem-se afastados da cidade de Grindavík e da área circundante.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Irlanda proíbe igualmente a deslocação à cidade e adverte que "os visitantes da Islândia devem seguir sempre as instruções e orientações das autoridades locais".

PUBLICIDADE

No entanto, nenhum governo emitiu um aviso de "não viajar" para a Islândia, o que significa que as companhias aéreas e as empresas de férias estão a funcionar normalmente e os viajantes que cancelarem as suas viagens não têm direito automático a reembolso.

"Gostaríamos de sublinhar que, se as atuais orientações continuarem a ser de aconselhamento, a cobertura do seguro mantém-se normal", afirma Jonathan Frankham, Diretor-Geral da companhia de seguros de viagem World Nomads.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lava que atingiu uma cidade na Islância "parece estar a abrandar"

Ilha de Nijima cresceu 50 metros com erupção vulcânica

Atrasos e cancelamentos de voos devido à falha da Microsoft: chegue cedo ao aeroporto, pedem as companhias aéreas