Esta capital europeia foi eleita como o melhor destino urbano do mundo

Paris foi coroada como o melhor destino urbano do mundo.
Paris foi coroada como o melhor destino urbano do mundo. Direitos de autor Canva
De  Angela Symons
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

A Europa alberga 63 dos 100 principais destinos urbanos do mundo.

PUBLICIDADE

A Europa alberga 63 dos 100 melhores destinos urbanos do mundo, de acordo com uma nova classificação.

Compilado pela empresa de estudos de mercado global Euromonitor International, o Índice dos 100 Melhores Destinos Urbanos compara o turismo, a sustentabilidade e o desempenho económico das metrópoles de todo o mundo.

Divulgados esta semana, os resultados de 2023 foram dominados por destinos europeus, com Paris, em França, no topo da lista.

Também no top 10 estão Madrid, em Espanha, Amesterdão, nos Países Baixos, Berlim, na Alemanha, Roma, em Itália, Barcelona, em Espanha, e Londres, no Reino Unido.

A estas juntaram-se apenas três cidades não europeias: Dubai, nos Emirados Árabes Unidos (2º lugar), Tóquio, no Japão (4º lugar) - a sua primeira aparição no top 10 - e Nova Iorque, nos EUA (8º lugar).

Como é que as cidades são classificadas no índice de destinos?

As cidades são classificadas com base em 55 indicadores em seis categorias-chave para obter uma pontuação global de atratividade.

As categorias incluem o desempenho económico e empresarial, o desempenho turístico, as infraestruturas turísticas, a política de turismo e a atratividade, a saúde e a segurança e a sustentabilidade.

São atribuídos pontos a aspetos como a procura turística, a acessibilidade, a utilização de tecnologias inteligentes e projetos de conservação.

Paris voltou a conquistar a coroa, com melhorias contínuas a serem efetuadas na preparação para os Jogos Olímpicos de 2024.

Em 10º lugar, Londres é considerada pelo índice como tendo a melhor infraestrutura turística do mundo, enquanto a campanha "Off to B" de Berlim para impulsionar o turismo em bairros remotos da cidade a colocou em 6º lugar.

Que cidades ficaram entre as 20 primeiras?

As cidades europeias continuam a dominar o top 20, com Munique, na Alemanha, em 12º lugar, seguida de Milão, em Itália.

Dublin, na Irlanda, ocupa o 15º lugar depois de ter lançado o primeiro mapa da cidade em 3D do país, Viena, na Áustria, está em 18º lugar e Lisboa, Portugal, em 20º.

Para além das fronteiras europeias, Singapura ficou em 11º lugar, Seul, na Coreia do Sul, em 14º, Osaka, no Japão, em 16º, Hong Kong em 17º e Los Angeles, nos EUA, em 19º.

De acordo com o relatório, o sucesso da Europa deve-se à rápida urbanização e à adoção generalizada de tecnologias. Com o aumento do trabalho à distância, a Internet de alta velocidade, as reservas flexíveis e os ambientes de trabalho confortáveis tornaram-se um fator importante em 2023.

O turismo sustentável - incluindo boas redes de transportes públicos e medidas para combater o excesso de turismo - também esteve no topo da agenda este ano.

Vílnius, na Lituânia (92.º lugar), entrou pela primeira vez no top 100, graças à melhoria do seu desempenho turístico.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O vinho e as viagens: O novo aeroporto de Florença terá uma vinha no telhado

Explore as montanhas nevadas do Azerbaijão

Estas são as 5 cidades com mais neve da Europa