Vídeo

euronews_icons_loading
Um "flash mob" de adeus ao Mundial da Rússia