Última hora
This content is not available in your region

OMS divulga relatório sobre epidemia do vírus ébola na África Ocidental

OMS divulga relatório sobre epidemia do vírus ébola na África Ocidental
Tamanho do texto Aa Aa

O número de pessoas mortas na África Ocidental após contágio com o vírus ébola ascende a 539, anunciou esta sexta-feira a Organização Mundial de Saúde (OMS).

A agência das Nações Unidas contabilizou 888 casos de infeção nos três países que até agora registaram contágios: Guiné-Conacri, Libéria e Serra Leoa.

Só nos últimos dois dias foram registadas mais 44 pessoas infetadas e 21 óbitos.

Na Serra Leoa e na Libéria a situação continua preocupante. No primeiro país verificaram-se 32 novos casos e 15 pessoas morreram, no segundo, mais 11 pessoas foram infetadas e 4 faleceram.

No entanto, parece que a epidemia está a começar a ser travada, dado que pela primeira vez desde que os casos começaram a ser contabilizados entre 8 e 10 de julho só se detetou uma nova infeção e duas mortes na Guiné-Conacri, o país de origem do primeiro contágio.

A OMS diz tratar-se da mais grave epidemia de ébola na África Ocidental, quer pelo número de infetados, quer pelo de mortos, bem como pela sua distribuição geográfica, em três países simultaneamente.

A doença, que se transmite por contacto direto com sangue e outros fluidos corporais de pessoas ou animais infetados, causa hemorragias graves e pode ter uma taxa de mortalidade de 90 por cento.

Com Lusa

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.