Fugir, Filmar e Postar: Prisioneiros brasileiros apanhados nas redes

Fugir, Filmar e Postar: Prisioneiros brasileiros apanhados nas redes
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
PUBLICIDADE

Treze presos da prisão brasileira de Rio Verde, no estado de Goiás, cavaram um túnel na cela para escapar, filmaram a fuga num telemóvel e publicaram as imagens no Youtube e no Facebook. Fugiram e foram apanhados nas redes sociais. O túnel tinha três metros e ligava o interior da cela à horta da prisão.

Dos 13 fugitivos, dois já foram recapturados e interrogados, um deles entregou-se livremente às autoridades. Os restantes 11 continuam a monte, na condição de foragidos da polícia. Cumpriam penas de prisão por homicídio ou assalto à mão armada. A prisão estava no limite da capacidade, albergava 47 presos quando tem capacidade para acolher apenas 20.

Segundo as autoridades da cadeia o quadro de pessoal também é reduzido, com apenas um guarda prisional a fazer a vigilância durante o dia e dois durante a noite. A fuga deu-se numa troca de turno e já foi aberto um inquérito para apurar todas as responsabilidades e para saber se houve algum tipo de negligência ou uma eventual participação dos funcionários. Segundo a imprensa local, o guarda prisional de serviço foi suspenso.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Bloco da latinha": este desfile de Carnaval ouve-se muito antes de se ver

Escolas de samba já desfilam no Brasil

Desastre ambiental no sul do Brasil