Última hora
This content is not available in your region

Mubarak: decisão da justiça inflama ânimos no Cairo

Mubarak: decisão da justiça inflama ânimos no Cairo
Tamanho do texto Aa Aa

O Egito está a ser palco de uma nova onda de contestação depois de a justiça ter retirado a acusação contra Hosni Mubarak por cumplicidade na morte de centenas de manifestantes em 2011.

Este sábado, as forças de segurança recorreram a gás lacrimogéneo e a canhões de água para dispersar as pessoas que saíram à rua em sinal de protesto.

Os manifestantes concentraram-se junto à emblemática praça Tahrir, no Cairo, epicentro da revolução de 2011 que levou à queda do homem que governou o país durante três décadas.

Num processo à parte, o antigo chefe de Estado egípcio foi, ainda, absolvido das acusações de corrupção.

A decisão da justiça foi aplaudida por dezenas de apoiantes de Mubarak que se concentraram junto ao hospital militar onde o octogenário cumpre uma pena de três anos de prisão no âmbito de um outro processo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.