Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Bélgica despede-se de Fabíola

Bélgica despede-se de Fabíola
Tamanho do texto Aa Aa

É o último adeus à antiga rainha Fabíola da Bélgica. O cortejo fúnebre partiu, esta manhã, do Palácio Real em direção à catedral de São Miguel e Santa Gudula, em Bruxelas.

Um percurso com cerca de um quilómetro acompanhado de perto pelos reis belgas Felipe e Matilde.

Cerca de 1300 pessoas marcaram presença na cerimónia fúnebre. Entre eles estão vários representantes da realeza europeia.

Os restos mortais de Fabíola vão ser, posteriormente, transladados para a cripta do Palácio de Laeken.

A viúva do rei Balduíno – o quinto soberano dos belgas -faleceu na passada sexta-feira aos 86 anos, nos arredores de Bruxelas.

Foi vista em público, pela última vez, no ano passado durante uma missa de homenagem ao marido.

A vida de Fabíola ficou marcada pela discrição após o desaparecimento de Balduíno em 1993.

A Bélgica cumpre uma semana de luto nacional que termina este sábado.