Última hora
This content is not available in your region

Chuvas desalojam 160 mil pessoas na Malásia

Chuvas desalojam 160 mil pessoas na Malásia
Tamanho do texto Aa Aa

Foi dramático o Natal de muita gente, na Malásia. As inundações provocadas por chuvas intensas deixaram milhares de pessoas sem casa.

De acordo com o Primeiro-Ministro, Najib Rasak, mais de 160 mil malaios tiveram de sair das suas residências.

Para a população de Kelanta, o drama começou ainda na noite de Natal. Milhares de casas foram tomadas de assalto pelas águas e as populações foram acolhidas, em centros de emergência.

No estado de Terengganu a situação não foi muito diferente. Povoações inteiras foram evacuadas, para escaparem à força devastadora das águas.

Em Pahang, o maior estado da península malaia, as águas não pouparam as florestas, nem a capital estadual, a cidade de Kuantan.

A chuva intensa é normal na região, entre os meses de Outubro e Abril, a época das monções. Mas os níveis de precipitação bateram recordes dos últimos 40 anos.

Nas últimas horas, a região norte do país foi a mais fustigada.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.