Última hora
This content is not available in your region

Paris firme no apoio a Charlie Hebdo

Paris firme no apoio a Charlie Hebdo
Tamanho do texto Aa Aa

E foi assim que, mais uma vez, a cidade de Paris, relembrou a tragédia que deixou marcas profundas na sociedade francesa. Mais uma demonstração de apoio ao Charlie Hebdo.

O Primeiro-ministro Manuel Valls visitou, esta sexta-feira, a sede do jornal Libération que acolheu a equipa do semanário satírico francês.

O novo número sai na próxima quarta-feira, com uma tiragem de um milhão de cópias quando o número de assinaturas da publicação aumentou, exponencialmente.

O lema “Je suis Charlie” invadiu também as redes sociais e parece que se atingiu um número recorde de “twitts”.

O apoio vem de vários pontos do mundo. O novo sítio na internet do Charlie Hebdo está a ser patrocinado e desenvolvido por uma empresa belga.

Em Filadélfia, nos Estados Unidos, dezenas de pessoas saíram às ruas em solidariedade para com as vítimas deste ataque sangrento que fez doze vítimas mortais.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.