Israel reforça segurança após ataque que vitimou general iraniano nos Montes Golã

Israel reforça segurança após ataque que vitimou general iraniano nos Montes Golã
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Israel não confirma nem desmente o ataque que teria morto ontem um general iraniano e um alto responsável do Hezbollah na região síria dos montes

PUBLICIDADE

Israel não confirma nem desmente o ataque que teria morto ontem um general iraniano e um alto responsável do Hezbollah na região síria dos montes Golã.

Uma das vítimas, Jihad Mughniyeh, filho do antigo chefe do braço militar do movimento xiita, foi a enterrar esta segunda-feira, nos arredores de Beirute.

Teerão confirmou e condenou a morte do general Mohammad Ali Allah-Dadi, do corpo de elite dos Guardas da Revolução, durante o ataque israelita.

Iranian Martyred Gen. Allah Dadi in #Syriapic.twitter.com/mw9Fzkx3gV

— Alireza Karimi (@AlirezaKarimi12) January 19, 2015

Segundo, a diplomacia iraniana, o oficial encontrava-se no território para auxiliar as força sírias no combate contra os rebeldes e grupos terroristas opostos ao presidente Bashar Al-Assad, um aliado de Teerão.

Segundo a imprensa israelita, o ataque com helicópteros sobre dois veículos blindados em Quneitra, poderia fazer parte de uma operação para neutralizar uma possível ameaça de ataque do Hezbollah sobre território israelita.

Um vídeo, filmado pelos rebeldes sírios, mostra os momentos após o ataque em Quneitra:

Israel mandou já reforçar a segurança junto aos montes Golã face à possibilidade de ações de retaliação por parte dos combatentes do movimento xiita libanês, apoiado por Damasco e Teerão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Médio Oriente teme escalada, ainda maior, da tensão e violência com Hezbollah a atacar Israel

Borrell no Líbano: "Este conflito é a última coisa de que o país precisa"

Combates entre Israel e o Hezbollah na fronteira do Líbano intensificam-se