Última hora

Ameaça de islamitas somalis coloca centros comerciais em alerta máximo

Ameaça de islamitas somalis coloca centros comerciais em alerta máximo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os centros comerciais são o novo alvo da mais recente ameaça de um grupo islamita na internet.

Desde ontem que, nos Estados Unidos e na Europa várias instalações comerciais reforçaram os controlos de segurança, face à possibilidade de um atentado.

Em França, dois centros comerciais de Paris foram particularmente visados pela ameaça do grupo somali Al-Shebaab.

O diretor de uma das superfícies afirma:

“Tomámos certas medidas desde esta manhã para reforçar a segurança, para lá daquelas previstas no plano anti-terrorista em vigor desde há algumas semanas. Temos também uma colaboração com a polícia em termos de troca de imagens das câmaras de video-vigilância”.  

Um reforço da segurança que não parece incomodar uma cliente:

“Temos que manter os olhos abertos, mas não podemos deixar que estas ameaças perturbem a nossa rotina. A vida continua, mas a verdade é que tenho um certo receio”.

No vídeo de ameaça, um militante do grupo Al-Shebaab apela os simpatizantes a atacar centros comerciais em vários países, à semelhança da ação do movimento islamita, contra uma grande superfície no Quénia em 2013.

Uma ameaça que, para alguns analistas, reflete, antes de mais, a batalha de propaganda entre os diversos grupos radicais para recrutar militantes.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.