EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Próximo de Bin Laden considerado culpado de envolvimento nos atentados às embaixadas dos EUA no Quénia e Tanzânia

Próximo de Bin Laden considerado culpado de envolvimento nos atentados às embaixadas dos EUA no Quénia e Tanzânia
Direitos de autor 
De  Fernando Peneda com Lusa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Nos Estados Unidos, Khalid al-Fawwaz, um saudita, apresentado como próximo de Osama bin Laden, foi considerado culpado de conspiração por

PUBLICIDADE

Nos Estados Unidos, Khalid al-Fawwaz, um saudita, apresentado como próximo de Osama bin Laden, foi considerado culpado de conspiração por envolvimento nos ataques contra duas embaixadas norte-americanas em África, em 1998.

O saudita de 52 anos, cujo julgamento começou a 20 de janeiro, foi acusado de conspirar para matar norte-americanos e destruir propriedade dos Estados Unidos e pode ser condenado a prisão perpétua. A sentença será conhecida a 21 de maio.

Os atentados no Quénia e na Tanzânia provocaram 224 mortos e cerca de cinco mil feridos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden chama nações "xenófobas" à Índia e Japão

EUA: estudantes universitários são presos por protestos pró-palestinos

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"