Última hora

Mali: Grupo islamita reivindica ataque a Bamaco

Mali: Grupo islamita reivindica ataque a Bamaco
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente e o primeiro-ministro do Mali visitaram o palco do mortífero ataque de sexta-feira à noite num restaurante da capital maliana, Bamaco, onde morreram 5 pessoas e 9 ficaram feridas.

O ataque ao restaurante ‘La Terrasse’ foi reivindicado pelo grupo islamita Al Mourabitoune, dirigido por um argelino.

De acordo com um registo áudio, o atentado terá sido a resposta pela morte de um dos líderes da organização durante uma ação de militares franceses em dezembro.

Morreram um francês, um belga, membro da segurança de uma delegação da União Europeia, e três malianos.

Paris e Bruxelas condenaram o ataque.

Duas pessoas foram detidas e depois libertadas, por não existirem indícios sólidos de implicação.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.