Germanwings: diretor-geral da Lufthansa sob pressão

Germanwings: diretor-geral da Lufthansa sob pressão
De  Dulce Dias com Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O diretor-geral da Lufthansa está cada vez mais sob pressão. Afinal a empresa sabia que Andreas Lubitz tinha interrompido a formação de piloto, em

PUBLICIDADE

O diretor-geral da Lufthansa está cada vez mais sob pressão. Afinal a empresa sabia que Andreas Lubitz tinha interrompido a formação de piloto, em 2009, devido a “uma depressão severa”.

No entanto, a semana passada, Carsten Spohr preferira omitir essa informação, centrando-se no orgulho que tem na formação dos pilotos alemães.

“Vamos sentar-nos e refletir sobre o que podemos melhorar na seleção dos pilotos e sobre o que podemos melhorar na formação. Mas isto não põe em causa a nossa confiança geral no que a Lufthansa faz há décadas: formar e selecionar de forma exemplar mais de 10 mil pilotos”, afirmara Spohr durante a conferência de imprensa do passado 26 de março, dois dias após o despenhamento do avião da Germanwings nos Alpes franceses – uma ação aparentemente deliberada, levada a cabo pelo copiloto Andreas Lubitz.

Spohr e o homólogo da Germanwings, Thomas Winklemann, visitaram, esta quarta-feira, o centro de operações, nos Alpes franceses, próximo do local onde se despenhou o A320.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Greve na Lufthansa afeta 100 mil passageiros

Pessoal de terra da Lufthansa faz greve em cinco aeroportos da Alemanha

Aberta a guerra da informação sobre abate de avião militar russo