Última hora
This content is not available in your region

Vídeo de violência policial contra imigrantes embaraça autoridades francesas

Vídeo de violência policial contra imigrantes embaraça autoridades francesas
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades francesas abriram um inquérito à ação da polícia de Calais, no norte do país, depois da difusão de um vídeo que mostra vários imigrantes clandestinos a serem agredidos por agentes da ordem.

As imagens foram captadas por um coletivo de ativistas, há cerca de uma semana, junto à zona de embarque do canal da Mancha, quando a polícia tentava evitar que um grupo de imigrantes entrasse nos camiões com destino ao Reino Unido.

A revelação do vídeo ocorre mais de uma semana depois da visita do ministro do Interior francês a um centro de acolhimento e um acampamento selvagem na zona de Calais, que acolhem mais de duas mil pessoas que tentam atravessar clandestinamente o canal da Mancha.

Interrogado então sob a alegada violência policial contra os imigrantes, Bernard Cazeneuve afirmou desconhecer tais casos, tendo apelado às dezenas de homens e mulheres para tentem obter residência em França, em vez de ensaiarem o “salto” para o Reino Unido.

No entanto, a organização Human Rights Watch tinha já denunciado, num relatório, publicado no início do ano, o aumento da violência policial contra os clandestinos.

Desde o encerramento do centro de refugiados de Sangatte há mais de uma década, que o fluxo de imigrantes provenientes do norte de África e do Médio Oriente não pára de aumentar, mesmo após o reforço dos controlos dos dois lados da fronteira.

Segundo a imprensa local, as tentativas de travessia ilegal têm aumentado nas últimas semanas, quando todos os dias, cerca de 200-300 pessoas invadem a autoestrada local para tentar penetrar ilegalmente nos camiões que atravessam o canal da Mancha.