Menino de 14 anos condenado por conspiração terrorista

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Menino de 14 anos condenado por conspiração terrorista

Um menino de 14 anos, acusado de descarregar para a consola de jogos planos para fabricar uma bomba e de querer juntar-se ao grupo Estado Islâmico na Síria, declarou-se culpado e foi sentenciado a dois anos de prisão com pena suspensa de 16 meses.

Aconteceu em Viena, na Áustria.

“Tudo isto acontece devido a uma certa exclusão e discriminação social. Se os Estados ocidentais não vêm que é preciso gastar dinheiro para combater a radicalização, então não será apenas ele, mas sim muitos outros milhares de jovens”, afirma o advogado de defesa”, referiu o advogado de defesa, Rudolph Meyer.

O jovem vai passar os 8 meses fora da pena suspensa num centro de detenção juvenil.

De acordo com as autoridades, nos últios tempos mais de 200 pessoas deixaram a Áustria para combater no Médio Oriente, 30 das quais foram mortas e 70 acabaram por regressar.