Paquistão: Vaga de calor já matou 860 pessoas

Paquistão: Vaga de calor já matou 860 pessoas
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No Paquistão, pelo menos 860 pessoas morreram nos últimos cinco dias, vítimas da onda de calor que castiga a província de Sindh, no sul do país. Os

PUBLICIDADE

No Paquistão, pelo menos 860 pessoas morreram nos últimos cinco dias, vítimas da onda de calor que castiga a província de Sindh, no sul do país.

Os hospitais, sobretudo os da capital, Karachi, permanecem em alerta. Aqui faleceram já 781 pessoas desde sexta-feira.

A Autoridade Nacional de Gestão de Desastres explica : “Neste momento, o Paquistão tornou-se um país de alto risco, devido às mudanças ambientais e o que vemos hoje aqui provavelmente vamos ver com mais frequência no futuro. E nós precisamos de estar preparados para isso”.

Este fenómeno climático coincidiu com o início do Ramadão. É esperada uma chuva fraca no final do dia em Karachi, o que fará com que caiam as temperaturas que ontem alcançaram 41 graus.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Regresso forçado de milhares de afegãos satura fronteira com o Paquistão

Mais de 165 mil afegãos obrigados a abandonar o Paquistão

Dezenas de mortos em alegados atentados suicidas no Paquistão