EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Turquia reforça fronteira com Síria depois de atentado de Suruç

Turquia reforça fronteira com Síria depois de atentado de Suruç
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com Reuters / Lusa / AFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Turquia vai reforçar as medidas de segurança na fronteira com a Síria, depois do atentado suicida que fez mais de 30 mortos e uma centena de

PUBLICIDADE

A Turquia vai reforçar as medidas de segurança na fronteira com a Síria, depois do atentado suicida que fez mais de 30 mortos e uma centena de feridos na cidade de Suruç, a maioria estudantes.

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro turco. Ankara atribuiu a responsabilidade do ataque ao grupo extremista Estado Islâmico.

O presidente Recep Tayyip Erdogan afirmou que a Turquia “condena o terrorismo, seja qual for a sua proveniência. Não há lugar, em nenhuma religião ou país para o terrorismo. E é por isso que [a Turquia] sempre tem sublinhado e continua a sublinhar a necessidade de uma luta internacional contra o terrorismo”.

Localizada junto à fronteira síria, a uma dezena de quilómetros da cidade de Kobani, teatro de ferozes combates entre as forças curdas e os “jihadistas” do Estado Islâmico, Suruç foi palco de protestos na sequência do atentado, que degeneraram em confrontos com as autoridades.

O atentado, condenado pela União Europeia, pelos Estados Unidos e pela NATO, motivou também manifestações em Istambul e em várias cidades europeias.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bomba de Suruç foi "estreia" do EI na Turquia

Vários feridos na explosão de um armazém de cereais no porto turco de Derince

Ucraniano pró-russo detido em hospital francês por suspeita de planear um atentado