EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Chile: Morreu o chefe da polícia política de Pinochet

Chile: Morreu o chefe da polícia política de Pinochet
Direitos de autor 
De  Fernando Peneda com Lusa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Manuel Contreras, diretor da polícia política da ditadura de Augusto Pinochet, considerado um dos maiores criminosos da história do Chile, morreu

PUBLICIDADE

Manuel Contreras, diretor da polícia política da ditadura de Augusto Pinochet, considerado um dos maiores criminosos da história do Chile, morreu sexta-feira, aos 86 anos.

Contreras foi o mentor e único diretor da antiga Direção de Inteligência Nacional (DINA), a polícia secreta de Pinochet, à qual foi imputada a maioria das vítimas da ditadura chilena, entre 1973 e 1990.

Mais de 3.200 pessoas morreram ou desapareceram e mais de 38.000 foram sujeitas a tortura.

Considerado o “braço direito” de Pinochet, Manuel Contreras foi preso em 2005 pelo sequestro de um jovem opositor e, desde então, condenado em diversos julgamentos a mais de 500 anos de prisão por torturar, fazer desaparecer e sequestrar elementos da oposição.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Morreu chefe da polícia política da ditadura de Pinochet

Líder do Malawi pede investigação independente à morte do vice-presidente em acidente de aviação

Em apenas uma semana, três turistas desaparecidos nas ilhas gregas foram encontrados mortos