A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Palestinianos pedem vingança no funeral da segunda vítima de ataque extremista judeu

Palestinianos pedem vingança no funeral da segunda vítima de ataque extremista judeu
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de palestinianos participaram no funeral de Saad Dawabsheh, a segunda vítima mortal do ataque com cocktails molotov lançado por extremistas judeus contra uma casa familiar, no Norte da Cisjordânia ocupada. Gritos de ira pediram aos militantes a vingança destas mortes.

Ao funeral assistiram representantes do Hamas, da Fatah e da Iniciativa Nacional Palestiniana.

Um bebé, filho de Saad, morreu queimado no incêndio provocado pelo ato que Israel não hesitou em classificar como “terrorismo”. A mulher, de 27 anos, tem queimaduras de terceiro grau em 90% do corpo e necessita de respiração assistida. O outro filho, de quatro anos, apresenta queimaduras de segundo grau em 60% do corpo.