Vulcão Cotopaxi volta ao ativo 140 anos depois no Equador

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques  com Lusa, IGEPN
Vulcão Cotopaxi volta ao ativo 140 anos depois no Equador

O vulcão Cotopaxi, no Equador, estava “adormecido” há 140 anos, mas voltou ao ativo. Depiois de alguns sismo de pequena magnitude no final da tarde de quinta-feira, foi já madrugada de sexta-feira, pelas 04h da manhã locais (10h, em Lisboa), que explosões de fraca intensidade provocaram a expulsão de uma coluna de fumo que terá alcançado a altura de 12.000 metros, lê-se no relatório do Instituto Geofísico do Equador .

O vulcão Cotopaxi está a 5.897 metros de altitude e localiza-se a 45 quilómetros a sul da capital do Equador. Em Quito, começaram preparativos para distribuição de milhares de máscaras à população.

O Instituto de Geofísica alertou que Cotopaxi é um dos vulcões mais perigosos do mundo por causa da grande quantidade de neve no seu pico e porque as áreas ao seu redor estão densamente povoadas. Ainda assim, a última vez que tinha entrado em erupção foi em 1877.


EQUADOR l Histórico de erupções no #Cotopaxi

Posted by euronews on Sábado, 15 de agosto de 2015

A agência de gestão de emergências do Governo do Equador elevou o nível de alerta para amarelo, meio da escala, para as áreas próximas do vulcão. O Ministério do Ambiente cancelou visitas ao local. A planeada escalada do Cotopaxi por 15 alpinistas teve de ser suspensa.

As autoridades estão a monitorizar o vulcão para decidir se dão ordem para evacuação das zonas mais próximas. Apesar da nuvem de cinzas, os aeroportos de Quito e da cidade de Cotopaxi permanecem abertos, garantiu a direção de aviação civil.

Na cidade de Machachi, a 25 quilómetros do vulcão, as pessoas já utilizam máscaras para respirar. O Cotopaxi é um dos oito vulcões ativos no Equador, mas desde o final da tarde de sexta-feira não se registaram outros movimentos no local.