Sexta-feira sangrenta em universidades dos EUA com mais um morto no Texas

Sexta-feira sangrenta em universidades dos EUA com mais um morto no Texas
De  Francisco Marques com ARIZONA DAILY SUN, CLICK2HOUSTON
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Depois do tiroteio registado às primeiras horas da madrugada no Arizona, um segundo incidente com armas de fogo foi registado a meio da manhã junto

PUBLICIDADE

Depois do tiroteio registado às primeiras horas da madrugada no Arizona, um segundo incidente com armas de fogo foi registado a meio da manhã junto de uma universidade do Texas. Uma pessoa morreu e outra ficou ferida neste segundo caso que manchou de sangue esta sexta-feira nos Estados Unidos.

O último caso — o 47.° numa escola norte-americana este ano — aconteceu junto de um complexo de apartamentos no “campus” da “Texas Southern University”. Eram 11h30 da manhã (17h30, em Lisboa), avançou a polícia, relatando que já havia relatos de um outro tiroteio na mesma zona, na noite de quinta-feira, mas sem notícia de vítimas.

One person fatally shot, one wounded at 3545 Blodgett, an apartment complex near TSU campus. A possible suspect is detained. PIO en route.

— Houston Police (@houstonpolice) 9 outubro 2015

Depois da troca de tiros, três suspeitos fugiram para dentro de um edifício nas redondezas. Dois foram capturados e estão detidos. Um terceiro continua a monte.

As duas vítimas deste tiroteio no Texas foram levadas para o hospital. Uma, um caloiro da universidade, estava em situação crítica e não sobreviveu. A outra vítima foi atingida no dorso e nas costas, sobreviveu e estará em situação estável. A Universidade do Sul do Texas cancelou as aulas durante todo o dia.

Classes are canceled for remainder of the day.

— Texas Southern (@TexasSouthern) 9 outubro 2015

Na cidade de Flagstaff, no Arizona, pelas 01h20 da madrugada (09h20, em Lisboa) registou-se o primeiro tiroteio desta sexta-feira sangrenta em universidades dos Estados Unidos. O caso terá acontecido após uma festa na residência de estudantes da “Northern Arizona University”. Uma pessoa morreu e três ficaram feridas.

Testemunhas contaram ao jornal “Arizona Daily Sun” que, após saírem da festa, quando se preparavam para voltar para casa, “um ‘gajo’ aproximou-se com uma pistola e começou a disparar”. “Ouvi 5 ou 6 tiros e depois os meus amigos neutralizaram-no. Foi muito rápido”, acrescentou a testemunha sob anonimato.

PICTURED: Northern Arizona University freshman in custody after shooting left 1 dead, 3 hurt. http://t.co/0SYCZ7wN2Spic.twitter.com/2buSPEP6pi

— New York Daily News (@NYDailyNews) 9 outubro 2015

A Universidade do Norte do Arizona não suspendeu as aulas, mas disponibilizou apoio psicológico para os alunos que o necessitassem.

O suspeito dos disparos foi detido, tem 18 anos e é caloiro na universidade. Foi acusado de homicídio de primeiro grau e de três assaltos agravados. “Este é um caso muito diferente do que ocorreu em Oregon”, defendeu fonte policial, referindo-se ao ataque de há uma semana, que fez 10 mortos numa universidade de Roseburg.

Estes dois acontecem, curiosamente, no mesmo dia em que Barack Obama se desloca a Oregon para visitar familiares das vítimas do tiroteio de há uma semana

Today's shooting at Northern Arizona University is the 46th school shooting this year http://t.co/RkKdQRbYdypic.twitter.com/CWKmgwbRG7

— Newsweek (@Newsweek) 9 outubro 2015

(“O tiroteio no Arizona era o 46.° numa escola dos Estados Unidos este ano”)

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Flor-cadáver desabrochou em São Francisco

Líder republicano Mitch McConnell deixa Senado ao fim de 40 anos

Primárias no Michigan: Biden vence corrida dos democratas e Trump triunfa entre republicanos