MH17: Ucrânia acusa Rússia de "patrocinar o terrorismo"

MH17: Ucrânia acusa Rússia de "patrocinar o terrorismo"
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Ucrânia responsabiliza a Rússia de estar na origem do ataque ao Boeing 777 da Malaysia Airlines, abatido em julho de 2014 e acusa Moscovo de

PUBLICIDADE

A Ucrânia responsabiliza a Rússia de estar na origem do ataque ao Boeing 777 da Malaysia Airlines, abatido em julho de 2014 e acusa Moscovo de patrocinar terroristas.

O governo de Kiev justifica não ter encerrado o espaço aéreo no leste do país por não existirem informações de que os separatistas pró-russos dispunham de sistemas antiaéreos.

“Vamos encontrar outras maneiras, tanto no sentido de encontrar pessoas e julgá-las, e também no sentido de provar, claramente, que a Rússia é um Estado que patrocina o terrorismo”, afirma o ministro ucraniano dos Negócios Estrangeiros, Pavlo Klimkin.

Um conjunto de países, liderado pela Holanda, vai pedir às Nações Unidas a criação de um tribunal para julgar os responsáveis pelo abate do voo MH17, da Malaysia Airlines. Uma medida vetada, anteriormente, pela Rússia no Conselho de Segurança.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rússia refuta oficialmente as conclusão do relatório sobre tragédia do voo da Malaysia Airlines

Ataques russos voltam a atingir várias cidades de Ucrânia e fazem um morto

Ucrânia acusa Rússia de atacar civis de forma deliberada em Kiev e Kharkiv