Alemanha: Candidata apunhalada por questões racistas conquista câmara de Colónia

Alemanha: Candidata apunhalada por questões racistas conquista câmara de Colónia
De  João Peseiro Monteiro com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A candidata da CDU apunhalada no sábado foi eleita presidente da câmara de Colónia. Henriette Reker obteve 52,64 por cento dos votos logo na primeira

PUBLICIDADE

A candidata da CDU apunhalada no sábado foi eleita presidente da câmara de Colónia. Henriette Reker obteve 52,64 por cento dos votos logo na primeira volta. O adversário social-democrata não foi além dos 32 por cento.

Reker foi apunhalada com gravidade no sábado de manhã durante uma ação de campanha. O autor do crime, um desempregado de 44 anos com ligações à extrema-direita, confessou motivações racistas. A candidata era responsável pelo acolhimento de refugiados no executivo camarário cessante.

Henriette Reker apresentou-se às eleições na lista do partido democrata-cristão da chanceler Angela Merkel, apesar de ser independente. Durante o atentado foram feridas mais quatro pessoas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Principal suspeito do rapto de Madeleine McCann volta a tribunal na Alemanha

Ataque à faca em escola da Alemanha faz quatro feridos, dois com gravidade

Thomas Tuchel deixa Bayern de Munique no final da temporada