Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Morte por erro em Jerusalém ilustra tensão israelo-palestiniana

Morte por erro em Jerusalém ilustra tensão israelo-palestiniana
Tamanho do texto Aa Aa

Um civil israelita foi abatido a tiro, por erro, em Jerusalém, num incidente que ilustra o atual estado de tensão que se vive em Israel e nos territórios palestinianos.

O autor dos disparos foi um guarda de uma companhia de segurança privada que disse ter confundido a vítima com um “terrorista”, na sequência de uma rixa na qual o homem abatido lhe teria tentado tirar a arma.

Pouco tempo antes, um palestiniano investiu com uma viatura contra um posto de controlo do Exército hebraico perto da cidade de Hebron. O atacante foi morto no local e um dos quatro militares feridos encontra-se em estado crítico.

Também esta quarta-feira, uma militar israelita ficou gravemente ferida, depois de ser apunhalada no pescoço por um homem palestiniano, abatido em seguida por outros soldados.

Em Telavive, a comunidade eritreia organizou uma vigília em homenagem ao conterrâneo morto de forma brutal, no passado domingo, depois de ser confundido com um atacante. A polícia israelita anunciou a detenção de quatro homens, suspeitos do homicídio em questão.