Schulz em Teerão: acordo do nuclear abre "capítulo determinante" nas relações UE-Irão

Schulz em Teerão: acordo do nuclear abre "capítulo determinante" nas relações UE-Irão
De  Rodrigo Barbosa com AFP / EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A aplicação do acordo sobre o nuclear de 14 de julho entre o Irão e as grandes potências vai abrir um “capítulo determinante” nas relações entre a

PUBLICIDADE

A aplicação do acordo sobre o nuclear de 14 de julho entre o Irão e as grandes potências vai abrir um “capítulo determinante” nas relações entre a União Europeia e Teerão. A declaração foi feita pelo presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, em visita à capital iraniana.

O levantamento previsto das sanções económicas e financeiras ao Irão não foi o único tema debatido.

O presidente do Parlamento iraniano, Ali Larijani, afirmou que se tratou de “uma boa negociação acerca da melhoria das relações em termos económicos, mas também houve um diálogo construtivo acerca dos temas regionais mais importantes, nomeadamente crises e terrorismo”.

Schulz precisou que “houve uma longa lista de outras questões levantadas: a Síria, a estabilidade na região, o chamado Estado Islâmico, a situação no Afeganistão ou a luta contra o tráfico de drogas. Também foram discutidas as divergências em termos de Direitos Humanos, a pena de morte e todas as questões que continuam em aberto. Mas existe uma nova hipótese para um diálogo com uma grande abertura de espírito”.

Para além do presidente do Parlamento iraniano, Schulz foi recebido pelo chefe de Estado, Hassan Rohani, e pelo responsável pela política externa, Mohammad Javad Zarif.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Novos ataques aéreos israelitas em Gaza fazem pelo menos 100 mortos

Organizadores da COP 28 estão otimistas

Apoios de União Europeia e Estados Unidos à Ucrânia em risco