EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Conselho de Segurança da ONU adota resolução para a paz na Síria

Conselho de Segurança da ONU adota resolução para a paz na Síria
Direitos de autor 
De  Nara Madeira com REUTERS/NAçõES UNIDAS
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O Conselho de Segurança das Nações Unidas adotou, por unanimidade, uma resolução sobre o projeto de paz para a Síria. Ban Ki-moon welcomes adoption

PUBLICIDADE

O Conselho de Segurança das Nações Unidas adotou, por unanimidade, uma resolução sobre o projeto de paz para a Síria.

Ban Ki-moon welcomes adoption of Security Council resolution focusing on political path to resolving #SyriaCrisishttps://t.co/ERYTcnw1Id

— United Nations (@UN) 18 dezembro 2015

O documento, acordado pelos cinco países com direito de veto, prevê que a ONU apresente, até um mês depois da adoção da resolução, formas de monitorizar o cessar-fogo e reforça os prazos definidos em Viena para as conversações entre o governo sírio e a oposição e para as eventuais eleições.

“A fleeting opportunity for peace has emerged” – Ban Ki-moon on #SyriaCrisishttps://t.co/iSlI77Nj9hpic.twitter.com/KMOD1ygBAn

— United Nations (@UN) 18 dezembro 2015

A resolução das Nações Unidas define seis meses como prazo para que o país crie um governo de transição e dezoito meses para as novas eleições e adoção de uma nova Constituição.

#Syria: UN</a> chief meets with international partners on resolving crisis; briefs <a href="https://twitter.com/unsc">UNSC later https://t.co/5POyYoX4zypic.twitter.com/n6jiQvnjlK

— UN News Centre (@UN_News_Centre) 18 dezembro 2015

Para já, deve ser imposto o cessar-fogo em todo o país, a Frente al-Nusra e outros grupos trabalharam nesta questão em duas rondas de conversações em Viena. Negociações que, naturalmente, não incluíram o grupo estado islâmico.

Prevê-se que as negociações entre o executivo da Síria e a oposição arranquem no início de janeiro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

ONU confirma a detenção de 11 funcionários no Iémen

Rebeldes Houthi detêm pelo menos 9 membros da ONU, dizem as autoridades

Prosseguem os combates em Gaza apesar da decisão do TIJ que obriga Israel a pôr termo à ofensiva em Rafah