Falcoaria: Um desporto de elite no Golfo Pérsico

Falcoaria: Um desporto de elite no Golfo Pérsico
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A falcoaria é um dos desportos mais exclusivos dos Emirados Árabes Unidos (EAU). As melhores aves de rapina chegam a valer mais de 200 mil euros

PUBLICIDADE

A falcoaria é um dos desportos mais exclusivos dos Emirados Árabes Unidos (EAU). As melhores aves de rapina chegam a valer mais de 200 mil euros. Este desporto é visto como uma herança das condições difíceis da vida no deserto, onde cada recurso é fundamental para a preservação da vida humana. Os falcões eram “a ferramenta” de caça por excelência.

A riqueza que os EAU ostentam atualmente não acabou com as tradições de um tempo de parcos recursos. Este mês o Dubai acolheu a mais uma edição do campeonato de falcoaria que acolhe uma centena de participantes do Golfo Pérsico, divididos em categorias consoante a condição social.

A competição inclui corridas de falcões, com as aves de rapina mais rápidas a percorrerem 400 metros em 20 segundos. A “meta” é um isco, como asas de pombo, frango ou peru.

Como em todas as provas desportivas, os “atletas” preparam-se durante meses, como explicou à euronews o xeque Khalifa bin Mirjen: “Tentamos fazer com que as aves tenham energia e músculos fortes para a corrida. É como treinar uma equipa de futebol. São precisos dois meses para treinar bem um falcão, às vezes duas vezes por dia, mas geralmente fazemo-lo apenas uma vez por dia. Também costumamos treiná-los de carro. Ponho a minha mão fora da janela e a ave segue-me durante 2,3 ou 4 quilómetros. É o suficiente. Mas um bom falcão consegue fazer 6 a 8 quilómetros e perseguir um carro a 85 quilómetros por hora. Disse que eram necessários 2 meses mas na verdade o treino dura até à última corrida, o que dá quase 6 meses, ou seja, uma época inteira.”

No ano passado, os vencedores de cada uma das categorias da edição ganharam 125 mil euros e um Bentley. A falcoaria é apenas uma das modalidades de uma competição mais alargada que envolve outras atividade tradicionais, como o tiro ou a caça, organizada pelo Hamdan bin Mohammed Heritage Centre.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Soluções para os principais desafios dos mercados de trabalho globais debatidas em Riade

Arábia Saudita realiza cimeira de emergência sobre conflito em Gaza

Organização Mundial do Turismo quer promover destinos desconhecidos