Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

OGM: Investigação alerta para impacto negativo sobre saúde de animais

OGM: Investigação alerta para impacto negativo sobre saúde de animais
Tamanho do texto Aa Aa

Uma nova investigação sobre o impacto, a longo prazo, da ingestão de organismos geneticamente modificados (OGM) por animais, alerta, de forma preocupante, para a relação com um aumento do número de doenças desenvolvidas.

Gilles-Eric Séralini, coordenador do estudo, analisou 70 vacas ao longo de cinco anos, alimentadas, a determinada altura, com 40% de milho transgénico.

“As toxinas inseticidas são produzidas por um pouco mais de 15% de milho transgénico no mundo, que chamamos milho BT, como o milho autorizado para cultura em Espanha. Pode ser tóxico a longo prazo e criar problemas nos rins ou glândulas mamárias. Isto só pode ser observado se soubermos exatamente o que estamos a fazer, em que animais e a longo prazo”, sublinhou Gilles-Eric Séralini, professor na Universidade de Caen.

A Europabio, Associação Europeia para as Bio-indústrias, considera que as conclusões desta investigação não têm valor científico. A organização assegura que não existe correlação entre as doenças dos animais e a comercialização de produtos que contêm organismos geneticamente modificados, como algumas rações.