Última hora

Última hora

Comissão prevê crescimento moderado da economia europeia em 2016

Comissão prevê crescimento moderado da economia europeia em 2016
Tamanho do texto Aa Aa

Sob um clima mundial cinzento, em 2016, o crescimento económico da União Europeia deverá manter-se estável nos 1,9% e aumentar para 2% no ano que vem.

Nas previsões macroeconómicas de inverno, divulgadas esta quinta-feira pela Comissão Europeia, prevê-se, em relação à zona euro, um crescimento de 1,7% em 2016, face aos 1,8% anteriormente estimados, em novembro. Para 2017 espera-se uma expansão de 1,9%.

Fatores externos são vistos como uma ameaça ao desempenho das economias europeias, como referiu Pierre Moscovici, o comissário com a pasta dos Assuntos Económicos e Financeiros, Fiscalidade e Alfândegas: “A recuperação do crescimento é, agora, sólida na União Europeia e na zona euro. Também percebemos que existem riscos que temos de tomar em consideração. O mais importante é, claro, o abrandamento dos mercados emergentes e estamos a acompanhar especialmente a situação na China. O nosso cenário básico é o de que haverá uma aterragem suave que será uma mudança de sucesso do modelo anterior baseado na produção para um novo modelo baseado no consumo e em serviços. Mas, claro, temos de ser cautelosos.”

A Comissão Europeia prevê também que Portugal chegue ao fim do ano com um défice orçamental de 3,4%, “tendo em conta as medidas anunciadas no esboço de plano orçamental para 2016.” O número fica 0,8 pontos percentuais acima do previsto pelo Governo.