A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Uganda decide sobre continuidade de Museveni no poder

Uganda decide sobre continuidade de Museveni no poder
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

No Uganda, já se vota nestas eleições em que o presidente Yoweri Museveni, no poder há 30 anos, joga um novo mandato.

As urnas abriram às 7 horas locais e devem estar abertas até às 16 horas, também locais. Pouco depois da abertura oficial havia já várias queixas de atrasos na abertura das assembleias de voto.

Esta é a primeira volta das presidenciais. Museveni, aliado das potências ocidentais, é favorito para continuar à frente dos destinos do país.

O principal opositor, Kizza Besigye, concorreu já três vezes contra Museveni e nunca conseguiu passar da primeira volta, mas acredita que desta vez pode assegurar uma vitória. Critica estas eleições, diz que não são livres nem justas e que todos os observadores foram nomeados pelo governo. Os comícios de Besigye arrastaram multidões e foram, em certos casos, marcados por violência. O ex-primeiro-ministro Amama Mbabazi é também candidato.

Para já, tirando o problema com os atrasos e alguns casos pontuais, a votação parece estar a correr bem, sem tensão à volta das assembleias de voto.