Última hora
This content is not available in your region

Autoridades da Faixa de Gaza destroem 15 toneladas de chocolates

euronews_icons_loading
Autoridades da Faixa de Gaza destroem 15 toneladas de chocolates
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 15 toneladas de barras de chocolate das marcas Snickers e Mars foram destruidas no Território Palestiniano da Faixa de Gaza.

A operação foi levada a cabo por membros do partido islamista Hamas, que lençaram os chocolates para o fundo de uma cratera gigante esta quinta-feira, ateando depois fogo às caixas previamente regadas com combustível.

A decisão fica a dever-se a um aviso da empresa produtora de ambas as marcas de chocolates.

A gigante alimentar dos Estados Unidos Mars tinha mandado recolher produtos à venda em 55 mercados, a maioria dos quais no Continente europeu, meses depois de ter sido encontrado “um pequeno pedaço de plástico vermelho” numa barra de chocolate Snickers.

Entretanto, segundo a Associated Press, três crianças de um acampamento Beduíno teriam conseguido ficar com algumas das barras de chocolate antes de que estas derretessem totalmente.

O Estado de Israel tem vindo a menter uma política de restrições severa em relação à Faixa de Gaza desde que o partido islamista Hamas tomou conta do território em 2007. Como o chocolate não faz parte dos produtos alvo das restrições, estima-se que o território possa repôr os stocks de chocolates Mars e Snickers rapidamente.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.