A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Turquia: explosão no centro de Ancara mata 34

Turquia: explosão no centro de Ancara mata 34
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na Turquia, uma explosão no centro da capital, Ancara, provocou pelo menos 34 mortos e 125 feridos, 19 com gravidade.

Segundo as autoridades, a explosão teria sido provocada por uma viatura armadilhada.

O primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu já convocou um encontro de emergência do Conselho de Segurança turco.

Segundo um agente da polícia, vários tiros teriam sido ouvidos apos a detonação do engenho explosivo, detonação que foi ouvida a 2,5 quilómteros de distância, segundo uma testemunha.

Mais informações dão conta de que um tribunal de Ancara ordenou a proibição de acesso a redes sociais como o Facebook e o Twitter após imagens do atentado terem sido partilhadas nestas redes sociais.

O incidente ocorreu no centro da cidade, em Guvenpark, um local onde se encontra uma central de transportes e próximo ao parlamento e outros edifícios militares e governamentais.

De acordo com as autoridades turcas, investigações preliminares sugerem que o ataque deste domingo teria sido organizado pelos extremistas curdos do PKK ou um grupo afiliado.

O principal partido curdo, o HDP, já condenou o ataque.

A explosão tem lugar menos de um mês após uma outra viatura armadilhada ter explodido no centro da cidade matando 29 pessoas. Este ataque foi atribuído igualmente a extremistas curdos.