Áustria: "Guerra" jurídica em torno da casa em que Hitler nasceu

Áustria: "Guerra" jurídica em torno da casa em que Hitler nasceu
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na Áustria, a casa em que Adolf Hitler nasceu poderá ser alvo de expropriação, o que, a concretizar-se será o encerramento de uma longa batalha

PUBLICIDADE

Na Áustria, a casa em que Adolf Hitler nasceu poderá ser alvo de expropriação, o que, a concretizar-se será o encerramento de uma longa batalha legal entre as autoridades austríacas e a família proprietária.

Viena quer impedir que o imóvel se transforme em um templo neonazi e o Ministério do Interior está a verificar a legalidade da sua pretensão.

A casa em questão, onde o antigo ditador nasceu a 20 de abril de 1889, fica situada no coração da cidade de Braunau e está vazia desde 2011, altura em que o governo iniciou a batalha jurídica com a proprietária, Gerlinde Pommer.

A família Pommer é dona do imóvel há mais de um século.

Entre os 17.000 habitantes de Braunau, alguns desejam que a casa seja transformada em centro de refugiados e outros defendem a ideia de um museu dedicado à libertação da Áustria.

Alguns preferem a demolição, mas como a casa fica no centro histórico da cidade está protegida por lei.

A cada ano, na data de aniversário de Hitler, dezenas de militantes antifascistas manifestam-se diante do edifício, no número 15 da rua Salzburger Vorstadt.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Onda de calor na Europa antecipou a época balnear

Descoberto salão de banquetes em Pompeia

Rebenta na Áustria o maior escândalo de espionagem das últimas décadas