EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

"Explosão de autocarro em Jerusalém foi um ataque terrorista", garante Benjamin Netanyahu

"Explosão de autocarro em Jerusalém foi um ataque terrorista", garante Benjamin Netanyahu
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A polícia de Jerusalém não tem dúvidas e o primeiro-ministro israelita também não: a explosão de uma bomba no interior de um autocarro, que ocorreu

PUBLICIDADE

A polícia de Jerusalém não tem dúvidas e o primeiro-ministro israelita também não: a explosão de uma bomba no interior de um autocarro, que ocorreu esta segunda-feira, foi um ataque terrorista.
O rebentamento provocou, pelo menos, 21 feridos. O autocarro seguia vazio mas a explosão acabou por incendiar um outro que estava perto.

O chefe do governo israelita, Benjamin Netanyahu, numa declaração feita pouco tempo depois do ataque, desejou as melhoras aos feridos e garantiu que “os responsáveis vão ser encontrados, tanto os que prepararam a bomba como quem ordenou o atentado. Netanyahu disse mesmo que vai “acertar contas com os terroristas”.

Police investigating incident in Jerusalem, number of people taken to hospital after being injured at the scene pic.twitter.com/CZECVCArtT

— Micky Rosenfeld (@MickyRosenfeld) 18 de abril de 2016

A explosão ocorreu perto da zona que que separa o setor ocidental da cidade, israelita, do setor oriental, palestiniano e, de acordo com a polícia local, a bomba foi colocada na parte de trás do veículo. As autoridades colocam ainda a hipótese do explosivo ter sido transportada por uma das pessoas que se encontra ferida com gravidade.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Primeiro-ministro israelita dissolve gabinete de guerra

Forças israelitas anunciam "pausa tática" nos combates para permitir a passagem de ajuda

Coluna de 120 carros faz manifestação pelos reféns em Israel