EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

França: Violência regressa às ruas para contestar reformas à lei laboral

França: Violência regressa às ruas para contestar reformas à lei laboral
Direitos de autor 
De  Euronews com Reuters, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em França, mais de uma centena de detidos é o balanço da mais recente vaga de contestações à reforma da lei laboral. Estudantes e sindicalistas

PUBLICIDADE

Em França, mais de uma centena de detidos é o balanço da mais recente vaga de contestações à reforma da lei laboral.

Estudantes e sindicalistas regressaram na quinta-feira à Praça da República em Paris para denunciarem as reformas propostas pelo governo e que visam facilitar os processos de contratação e despedimento.

Os confrontos causaram ainda 24 feridos entre a polícia e os militares. Informações sugerem que só na capital, cerca de 15 mil pessoas teriam participado na manifestação.

Para além de Paris, tiveram lugar manifestações em outras cidades francesas, incluindo Rennes e Lyon.

Tratou-se da quarta vez em quase dois meses que os sindicatos sairam às ruas para denunciarem as reformas propostas pelo governo e destinadas a reduzir a taxa de desemprego que permanece acima dos 10%.

Desde o início dos protestos que algumas medidas já foram abandonadas. No entanto, os sindicatos afirmam que as concessões obtidas não são suficientes.

Os confrontos têm lugar a poucos dias das celebrações do Dia Mundial do Trabalhador que se assinala este domingo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Protestos dos agricultores abrandam em França

Residentes de Marselha abrem guerra ao Alojamento Local

Ativistas mascarados de animais recebem em protesto cruzeiro com turistas