EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Leicester faz história em Inglaterra

Leicester faz história em Inglaterra
Direitos de autor 
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O Leicester é campeão inglês pela primeira vez na sua história. Os “foxes” não puderam festejar em campo, depois de não terem ido além de um empate a

PUBLICIDADE

O Leicester é campeão inglês pela primeira vez na sua história. Os “foxes” não puderam festejar em campo, depois de não terem ido além de um empate a uma bola frente ao Manchester United em Old Trafford, mas no final, isso não passou de um detalhe.

Fizeram-no em frente à televisão a acompanhar a escorregadela do Tottenham frente ao Chelsea mas vai dar ao mesmo. Os “spurs” ainda sonharam, estiveram a vencer por 2-0 em Stamford Bridge mas permitiram o empate do Chelsea.

Leicester City. Champions of England. pic.twitter.com/WRwfysTn2N

— Leicester City (@LCFC) 2 de maio de 2016

A igualdade permitiu aos adeptos do Leicester começarem a festejar imediatamente o primeiro título em 132 anos de história.

Claudio Ranieri e companhia conseguiram escrever um final feliz para este grande conto de fadas. O sonho que parecia impossível tornou-se realidade.

Os adeptos do Chelsea acabaram a festejar o desaire dos rivais mas a verdade é que não têm propriamente motivos para sorrir. Pelo menos se compararmos os orçamentos. O onze que tinha garantido o título a temporada passada custou um total de 232 milhões de euros (dados transfermarkt.pt). Este ano voltaram a abrir os cordões à bolsa e sem resultados práticos. Já o Leicester fez a festa com sete vezes menos.

Ases e Azelhas

Aos 64 anos de idade e depois de ter passado por alguns dos maiores clubes do futebol europeu, Claudio Ranieri sagrou-se finalmente campeão pela primeira vez e logo num clube que apenas lhe pediu a manutenção.

Jamie Vardy e Riyad Mahrez andavam perdidos pelas divisões secundárias e chegaram a Leicester a preço de saldo. Esta temporada fizeram toda a diferença no ataque e juntos, levam para já 39 golos apontados na Premier League.

Na defesa, manda o capitão Wes Morgan. O jamaicano ainda não falhou um minuto e pode tornar-se no terceiro jogador de campo a vencer a Premier League como totalista, juntando-se a Gary Pallister no Manchester United em 1992/1993 e John Terry no Chelsea a temporada passada.

Nem só o Leicester esteve em destaque. Mauricio Pochettino fez um trabalho fantástico no Tottenham e ficou a um pequeno passo de levar os “spurs” ao primeiro título desde 1961.

No one can catch them now… pic.twitter.com/5xLJiz9lrC

— Premier League (@premierleague) 2 de maio de 2016

Partilhe esta notíciaComentários