EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Mediadores no processo de paz para a Síria tentam salvar a trégua

Mediadores no processo de paz para a Síria tentam salvar a trégua
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A cidade síria de Aleppo foi alvo de novos ataques aéreos na manhã desta segunda-feira, ao mesmo tempo que o secretário de Estado norte-americano

PUBLICIDADE

A cidade síria de Aleppo foi alvo de novos ataques aéreos na manhã desta segunda-feira, ao mesmo tempo que o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, está em Genebra para tentar restabelecer a trégua.

Mais de 250 civis, incluindo 50 crianças, morreram desde a retoma dos combates em Aleppo a 22 de abril, a maioria em bombardeios do regime sírio de Bashar al-Assad, em violação da trégua entrada em vigor no dia 27 de fevereiro.

“A Rússia e os EUA concordaram que haverá pessoal adicional que irá trabalhar a partir daqui, em Genebra, numa base diária, 24 horas por dia, sete dias por semana, a fim de tentar certificar-se de que existe uma melhor eficácia e uma melhor capacidade de impor a cessação das hostilidades ao quotidiano”.

Após um dia relativamente tranquilo no domingo nos bairros da zona leste de Aleppo, controlados pelos insurgentes, os ataques foram retomados depois da meia-noite.

Moscovo e o regime sírio justificam a ofensiva pela presença da Frente Al-Nosra, braço sírio da Al-Qaeda que não assinou a trégua em 27 de fevereiro.

Na terça-feira, o ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Serguei Lavrov, receberá em Moscovo o enviado da ONU.

Moscovo e Washington são os mediadores do processo de paz na Síria. Para Staffan de Mistura, caso as duas potências não cheguem a um acordo, dificilmente serão registrados avanços.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Duas crianças entre os seis mortos após bombardeamentos de Assad em Idlib

Região rebelde de Idlib bombardeada após ataque em Homs

Bashar al-Assad de visita a Xi Jinping