EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Festival de Cannes: (Iggy) Pop, rock e muito cinema

Festival de Cannes: (Iggy) Pop, rock e muito cinema
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Aos 69 anos, tantos como tem o Festival de Cannes, Iggy Pop mostra-se na carpete vermelha de peito feito e ao lado de Jim Jarmusch.

PUBLICIDADE

Aos 69 anos, tantos como tem o Festival de Cannes, Iggy Pop mostra-se na carpete vermelha de peito feito e ao lado de Jim Jarmusch. A verdadeira e ainda criança selvagem acompanhou o realizador americano na exibição, mas sem competir, do documentário “Gimme Danger”, sobre os Stooges, uma das mais icónicas bandas punk.

E da anarquia punk ao charme francês, tudo tem lugar em Cannes, face às objectivas. O jovem realizador canadense Xavier Dolan exibiu o filme “É só o fim do mundo”. Baseado numa peça de Jean-Luc Lagarce, o filme segue um escritor homossexual que revê a família depois de 12 anos de ausência para anunciar que está a morrer.

#Redcarpet Juste la fin du monde (It’s Only the End of the World) by Xavier Dolan #Cannes2016#Competitionpic.twitter.com/rdFFUq6t0G

— Festival de Cannes (@Festival_Cannes) 19 mai 2016

A crítica não foi boa, mas é precisamente de surpresas, boas e más, que esta edição do Festival de Cannes se reveste. Como a de
Toni Erdmann, a comédia negra alemã que arrebatou os espectadores do festival.

Faltam ainda 4 filmes para ver até domingo e, claro, a maior surpresa num ano em que não há favoritos claros será a entrega da Palma de Ouro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Wim Wenders recebe Prémio Lumière 2023: "O cinema vai sobreviver"

Como fazer arte a partir de metal descartável? A resposta vem das montanhas da Hungria

"Oppenheimer" lidera corrida aos Óscares com 13 nomeações