This content is not available in your region

Incêndio em armazém de Moscovo mata 17 imigrantes do Quirguistão

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques  com TASS
euronews_icons_loading
Incêndio em armazém de Moscovo mata 17 imigrantes do Quirguistão

Um incêndio deflagrou este sábado de manhã num armazém de Moscovo, matando pelo menos 17 pessoas, revelou o autarca da capital da Rússia, Sergey Sobyanin.

Por sua vez, à estação de televisão Rússia24, o ministro russo das Situações de Emergência contou que pelo menos 12 pessoas foram resgatadas com vida pelas equipas de socorro.

A agência de notícias russa TASS falou com o responsável pela gestão de emergências em Moscovo. Ilya Denisov confirmou que as vítimas do fogo eram imigrantes oriundos do Quirguistão que trabalhavam e viviam no armazém, com contrato de trabalho.

Foi já aberta uma investigação pelas autoridades. A primeira teoria avançada é de que o fogo poderá ter começado pelas oito horas da manhã devido a uma lâmpada avariada, no primeiro andar do armazém, onde estariam armazenados diversos produtos inflamáveis.