EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Bruxelas: Justiça Federal investiga explosão no Instituto Nacional de Criminologia e Criminalística

Bruxelas: Justiça Federal investiga explosão no Instituto Nacional de Criminologia e Criminalística
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A justiça belga vai investigar a explosão ocorrida na madrugada de segunda-feira no Instituto Nacional de Criminologia e Criminalística, em Bruxelas.

PUBLICIDADE

Com Lusa e RTL-TVI

O Ministério Público Federal anunciou que vai investigar a explosão ocorrida na madrugada desta segunda-feira na sede do Instituto Nacional de Criminologia e Criminalística, em Bruxelas.

O incidente deixou danos materiais significativos, embora não haja vítimas a lamentar.

Le boulevard industriel à Anderlecht bouclé par la police: un véhicule suspect https://t.co/6uTHS7F63Z

— RTL info (@rtlinfo) 29 août 2016

Segundo a justiça belga, a explosão teve lugar em em Neder-Over-Heembeek, na zona norte de Bruxelas, por volta das três horas da madrugada locais.

Um porta-voz dos bombeiros disse que a explosão não teria sido acidental. Cerca de 30 bombeiros foram mobilizados pelas para combater o incêndio.

A informação fora avançada pelo canal de televisão belga RTL-TVI.

O Instituo Nacional de Criminologia e Criminalística é uma instituição científica que pertence ao Estado belga. Realiza investigações relativas a casos de direito criminal em todo o país.

Qu'est-ce que l'Institut National de Criminalistique et de Criminologie, touché par une attaque cette nuit? https://t.co/35UB8MJZxL

— RTL info (@rtlinfo) 29 août 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Justiça belga deixa prosseguir encontro dos populistas em Bruxelas

75 anos da NATO: Ucrânia foi à festa em Bruxelas mas levou pedido - mais mísseis Patriot

NATO investe mais de mil milhões de euros em munições de artilharia