Continuam os confrontos na região de Alepo mas ONU diz que se caminha para o cessar-fogo

Continuam os confrontos na região de Alepo mas ONU diz que se caminha para o cessar-fogo
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na região de Alepo, na Síria, continuam os confrontos, desta vez com uma contraofensiva das forças governamentais contra os extremistas.

PUBLICIDADE

Na região de Alepo, na Síria, continuam os confrontos, desta vez com uma contraofensiva das forças governamentais contra os extremistas.

Em Hama, cerca de 120 quilómetros a sul de Alepo, área dominada pelos insurgentes, os ataques intensificaram-se. Esta é uma cidade de importância estratégica para Bashar al-Assad, que há muito tenta recuperar o seu controlo.

EUA e Rússia continuam as negociações para o cessar-fogo no país, a uma semana da Assembleia Geral das Nações Unidas. O que é um bom sinal para o enviado da ONU para a Síria:

“Há indicadores de que, a uma semana da Assembleia Geral, há uma iniciativa política muito claro. Este é o momento certo para fazê-lo, porque o próximo compromisso, real, é a 21 de setembro, numa reunião de alto nível sobre a Síria”, adiantou Staffan de Mistura.

Têm ocorrido, por iniciativa da Rússia, várias pausas nos confrontos em Alepo, ainda que não integralmente respeitadas, para a entrada de ajuda humanitária.

A situação no país, e em particular nesta região, é dramática. Continua a haver várias cidades cercadas, prejudicando as populações.

O conflito civil na Síria arrasta-se há cinco anos. Já fez vários milhões de deslocados e, pelo menos 250 mil mortos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Embaixador iraniano na Síria promete retaliação após alegado ataque israelita destruir consulado

Ataque israelita destrói consulado iraniano em Damasco e mata alta patente militar

Pelo menos três mortos, entre os quais duas crianças, na explosão de carro armadilhado na Síria