Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Itália: Desmantelamento de uma rede de passadores de migrantes

Itália: Desmantelamento de uma rede de passadores de migrantes
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades italianas e europeias anunciaram o desmantelamento de uma rede de contrabandistas suspeitos de terem organizado o transporte de migrantes da Hungria para outros países europeus.

No total, 16 pessoas foram presas e cinco outras estão ainda a ser procuradas pela polícia italiana e unidades de cooperação judiciária na União Europeia, Europol e a Eurojust

Os suspeitos, principalmente sírios, mas também argelinos, egípcios, libaneses e da Tunísia, residem maioritariamente na província de Como, no norte da Itália, e são acusados de ajuda à imigração clandestina.

O grupo dirigia uma rede de dezenas de automóveis que por 500 euros por pessoa eram propostos aos imigrantes principalmente sírios, para serem conduzidos da Hungria ou de Itália para a Áustria, a Alemanha e França.

Pelo menos 200 pessoas usaram esta rede entre dezembro de 2014 e maio 2016, de acordo com a polícia italiana, que realizaram inúmeras investgações.

De acordo com a Europol e a Eurojust, “uma quantidade significativa de bens e dinheiro” foi apreendida durante durantes as buscas.

A investigação começou em setembro de 2015, depois da prisão na Hungria de um italiano que transportava vários imigrantes na sua viatura.