Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Explosão na Turquia provocada cerca de meia centena de feridos

Explosão na Turquia provocada cerca de meia centena de feridos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A explosão de um carro armadilhado no leste da Turquia provocou cerca de 50 feridos, a maioria civis.

O ataque desta segunda-feira ocorreu no centro da cidade de Van junto à sede do AKP, Partido Justiça e Desenvolvimento, no poder.

Entre os feridos estão pelo menos dois polícias.

O ataque ainda não foi reivindicado, mas o Governo turco já apontou o dedo ao PKK, Partido dos Trabalhadores do Curdistão.

A explosão ocorre um dia depois de o Governo ter demitido 28 presidentes de câmara – a maioria eleitos por partidos curdos – por supostas ligações ao PKK ou à rede de Fethllah Gullen.

“O facto de terem sido eleitos presidentes de câmara não significa que podem fazer o que querem. Um autarca não pode apoiar organizações terroristas, não tem autoridade para tal” refere o chefe de Estado turco, Recep Tayyip Erdogan.

A medida que afeta, sobretudo, os municípios localizados no sudeste da Turquia já foi criticada pelos partidos pró-curdos. O HDP, a terceira força no parlamento de Ancara já fez saber que não vai aceitar a decisão.