EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Polícia investiga motivos que levaram um advogado a abrir fogo sobre os transeuntes em Houston

Polícia investiga motivos que levaram um advogado a abrir fogo sobre os transeuntes em Houston
Direitos de autor 
De  Euronews com reuters, afp
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A polícia de Houston, no Texas, está a investigar os motivos que levaram um advogado a abrir fogo sobre os transeuntes, junto a um centro comercial, ferindo nove pessoas antes de ser…

PUBLICIDADE

A polícia de Houston, no Texas, está a investigar os motivos que levaram um advogado a abrir fogo sobre os transeuntes, junto a um centro comercial, ferindo nove pessoas antes de ser abatido.

Em conferência de imprensa, as autoridades não quiseram identificar o suspeito do tiroteio, mas adiantaram que o sujeito “envergava um uniforme militar” e que tinha consigo e em casa “alguns emblemas nazis”, mas também outros acessórios militares que “remontam ao tempo da guerra civil”, nos Estados Unidos.

A polícia encontrou também 2600 munições e uma espingarda no carro do advogado e a imprensa norte-americana afirma que o suspeito atravessava dificuldades financeiras e tinha problemas no escritório onde trabalhava.

Dos nove feridos, um está em estado crítico e outro em estado grave, mas nenhum corre perigo de vida, segundo as autoridades.

Houston gunman who injured nine in mall attack was 'disgruntled lawyer' https://t.co/bMskcvH6ha

— BBC News (World) (@BBCWorld) September 27, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Autoridades dispersam protestos na Universidade de Columbia e fazem várias detenções

Absolvição de polícias acusados de matar homem negro causa revolta nos EUA

Tiroteio mortal, nos EUA: Polícia local fala em motivações raciais, o atirador "odiava os negros"